Quando um Homem Honra a sua Mulher!

Tantas historias de amores perdidos, vivemos uma fase de transformação social, homens e mulheres livres, na escolha de parceiros e amores, no entanto, os finais felizes estão em vias de extinção. Não temos paciência para o nosso parceiro/a, aliás é a ele/a que mostramos o pior de nós. Sorrimos para o vizinho, mas chegamos a casa e não sentimos a dádiva que é ter alguém que nos dá a mão neste caminho que é a vida. Homens e mulheres na rua com o seu companheiro/a ao lado mas cobiçando a mulher ou o homem do vizinho, que grande fantasia. Se soubessem que um par de dias, meses ou anos com a mulher ou homem do vizinho e sentiriam exactamente o mesmo que sentem neste momento do seu parceiro.

E então, onde está o problema das relações?

Está em que protejamos em quem temos ao nosso lado todas as nossas vivências, passadas, presentes e futuras. Queremos mudar o próximo e não olhamos para nós, não sabemos que o somos e nem para onde vamos e colocamos a responsabilidade da nossa felicidade numa pessoa que jamais poderá fazer-nos feliz. Sim, acredita o teu companheiro/a não te pode fazer feliz. Sabes porque? É porque a infelicidade, as queixas, as amarguras, a tristeza é tua, vive em ti. O teu marido ou mulher é um desastre, não ajuda, não faz, não te dá carinho, não te ama o suficiente, etc, etc. E o que é que tu fazes em relação a isto? Ajudas, fazes, das carinho, amas o suficiente? Se sim, com certeza não te estarias a queixar, estarias a agir. Ias perceber que amas aquela pessoa, e ainda assim ela não corresponde com a história que queres contar. Ias perceber que o vosso caminho, talvez, tenha chegado ao fim… E está tudo bem. Estarias a agir, porque estaria a explicar a essa pessoa que queres outras coisas para a tua vida, estarias ao seu lado para que te dê a mão num caminho de amor, estarias com vontade de lhe mostrar que a vossa história é possível quando dois estão abertos à vida.

E o que acontece depois? Bem, depois de observar e esperar, continuas a agir com responsabilidade pela única história que podes transformar… A tua história. Quando tu és a tua verdade, os outros ou se afastam ou amar-te-ão mais que nunca. Sabes aquela sensação que sentes quando conheces alguém de novo, alguém que acabas de conhecer. E se olhasses a cada dia para o teu parceiro/a com esse olhar, esse sentir, saberias que vives no momento presente, irias saber o quão aquela pessoa pode ser e trazer à tua vida. E se não trás, então, já sabes algo mais que não sabias antes.

Aqui fica um maravilhoso vídeo do Ronan Pinto Goulão, Professor de Tantra que nos explica porque é tão importante honrar as nossas mulheres ou os nossos homens, talvez valha para os dois.

Por: Vera Cristina Ribeiro

About Viver O Feminino

Partilhar conhecimentos que vão transformar a vida das mulheres, assim como, de todo o ambiente que as rodeia. Se procuras descobrir o que é ser mulher conectada à sua essência, ligada ao mais puro e natural de si mesma, este será o local onde te conectas a ti, onde descobrirás mais e mais sobre ti e as tuas mais variadas formas.

Deixe uma resposta