Masculino | “O Homem faz parte… O Homem é importante”

Importância do homem na vida!

Reconhecer a importância do feminino e do masculino é um acto tão sagrado que eleva o nosso valor pessoal a outras escalas. Mulheres e Homens que reconhecem a importância do seu impacto para as gerações futuras (a todos os níveis), que reconhecem o valor, sabedoria dos seus antepassados, que reconhecem a necessidade de cuidar deste planeta é algo que nos demonstra que estamos a mudar consciências e estamos a crescer, todos juntos, sem excepção. O colectivo feminino está a mudar e é uma honra fazer parte desta mudança que acontece a nível planetário, energeticamente tudo está a mudar e isto nota-se mais em algumas sociedades que noutras, contudo mesmo que não seja aliada à espiritualidade o trabalho continua a ser feito.

Cada vez mais mulheres procuram que os seus direitos sejam reconhecidos, procuram respostas para compreender todo o turbilhão de acontecimentos que se desenrolam dentro delas, procuram encontrar-se, ser fiéis a si mesmas, redescobrem o amor próprio e só desta forma conseguem abarcar o outro também no seu coração. Também vejo homens à procura de si mesmos, mas estes homens ainda o fazem de forma muito escondida, como se o mundo espiritual pertence-se apenas às mulheres, a sua procura é mais calma, mais pensada, com uma estrutura que normalmente não existe nas mulheres, o que também é bom. É nas diferenças que encontramos a semelhança e onde muitos mundos se convergem.

O papel do homem no caminho da mulher!

Os homens têm também um papel muito importante no resgate do sagrado feminino, porque dentro deles também existe um sagrado feminino para ser trazido à luz, tal como dentro das mulheres existe um sagrado masculino que também tem de ser recuperado. O papel do homem e da mulher na sua construção e na construção dos seus companheiros de jornada é algo de muito sagrado, empoderador, sanador. Ao ajudar o outro a mandar a baixo paredes de betão construídas geração após geração e ajudar a reconstruir paredes e limites saudáveis também nos ajudamos a nós mesmos. Em nenhum trabalho apenas existe uma parte a ser curada, a cura acontece de ambas a partes e para ambas as partes.

Colocar a mulher num patamar acima do homem em nada nos confere grandeza, nós fazemos parte do homem tal como eles fazem parte de nós.  Nós mulheres também temos uma missão muito importante, ajudar a trazer o sagrado masculino até à luz da consciência e dar a devida importância e permissão para que este se desenvolva, porque tal como o sagrado feminino, o sagrado masculino também está ferido e a necessitar e cuidados. Não fomos nós mulheres as únicas a ser agredidas por ideologias sufocantes, eles também foram, eles também sofreram e os homens de hoje, do aqui e agora, tal como nós mulheres do aqui e agora somos todos resultado de gerações profundamente feridas.

Ao fechar as mulheres num circulo encerrado sem entrada para o masculino é contribuir para o agravamento das feridas masculinas, todos devemos ter o nosso espaço e o nosso tempo é verdade, mas não permitir que a procura incessante do empoderamento nos cegue por forma a não ver que o sagrado masculino também tem um papel importantíssimo. Excluir o masculino não é solução, todos nós precisamos das duas energias para crescer, para evoluir e restruturar as nossas ideologias e crenças. Não podemos alimentar uma cultura onde o homem não tem lugar. Só em conjunto, lado a lado, chegaremos bem mais longe.

Chegaremos até às raízes e plantaremos o verdadeiro amor.

Por: Diana Faustino | Sacerdócio do Sagrado Feminino | http://sersagradofeminino.wixsite.com/sacerdotisas

About Viver O Feminino

Partilhar conhecimentos que vão transformar a vida das mulheres, assim como, de todo o ambiente que as rodeia. Se procuras descobrir o que é ser mulher conectada à sua essência, ligada ao mais puro e natural de si mesma, este será o local onde te conectas a ti, onde descobrirás mais e mais sobre ti e as tuas mais variadas formas.

Deixe uma resposta