Entrevista Helena Sousa | Intuitive Numerology | Akashic Records Therapist

O que é a energia e como se manifesta?

A energia é tudo o que existe, é tudo aquilo que faz parte de nós, é a energia vital de tudo no Universo, da qual fazemos parte. É a essência e o amâgo da Fonte que se manifesta em nós. Tudo tem energia, desde a natureza, Ser Humano, as pedras, as estradas, enfim… no “tudo” e no “todo”, pois tudo o que existe é a manifestação do átomo divino, da fonte universal e nós somos manifestação disso, por isso, somos sagrados, logo tudo o que existe é sagrado. Temos centros energéticos no nosso corpo, os chakras, que vibram de acordo com a energia universal, de acordo com o nosso nível de consciência. Se fossemos mais conscientes do nosso corpo energético e como ele se manifesta, haveria menos doença e mais equilíbrio.

O que é o Portal sagrado?

O Portal Sagrado é o nosso Coração! O coração tem uma inteligência própria, não precisamos de pensar na quantidade de sangue que é bombeado por segundo, nem dos batimentos cardíacos, pois o nosso coração tem uma inteligência própria no equilíbrio do nosso corpo. Mas além disso, é o nosso centro! É o centro intermédio entre os três chakras inferiores e os três chakras superiores, é aquele que estabelece a conexão e o equilíbrio entre a Terra e o Céu. O nosso Portal Sagrado, o nosso Coração é a nossa essência, a nossa Verdade, a nossa Centelha, a nossa Bússula! Aceder ao nosso Coração, é aceder à nossa Intuição, ao nosso Eu Superior, à nossa Verdade, pois o coração sabe o que é para nós!

É difícil saber qual o nosso propósito divino?

Não é difícil, sim, é possível saber através da Numerologia e Astrologia. Quando escolhemos nascer numa determinada data, escolhemos um propósito em função dessa escolha. Na Numerologia é possível saber através da soma da data completa de nascimento e na astrologia, é possível saber através da posição do nosso Sol! Este propósito divino envolve colocarmos dons em pratica, potencialidades, virtudes e qualidades, mas que para um “propósito maior”, temos que viver “pequenos propósitos diários”. O grande propósito divino é o resultado de propósitos diários, que resultam de um estado de alegria, leveza e paz de espírito, um reconhecimento da Alma de que está no caminho certo! Eu diria, que independentemente do propósito de cada um, o propósito divino coletivo que resulta do individual, será o Amor! O Amor em todas as cores e facetas na vida, pois é a única fonte de energia verdadeira que nos liga ao nosso criador. O Amor, não é um estado mas uma forma de Ser, uma escolha consciente, amar as dores, as perdas, as pessoas difíceis, o sol, as plantas, os animais, o sorriso das crianças, o nosso corpo, a nossa vida, amar a Vida, amar tudo em nós e tudo que nos rodeia…

Os filhos escolhem os pais?

Sim, os filhos escolhem os pais. A nossa linha ancestral é feita dessa forma, quem nasce escolhe a família que quer pertencer, para trabalhar algo, para seguir com uma linha de aprendizagem, para resgatar algo. A Humanidade evoluiu dessa forma, através dos filhos que vão abrindo caminhos com mais conhecimento e mais entendimento, ora com mais sabedoria, ora com mais rebeldia. Nós Pais, achamos que ensinamos os filhos, mas aprendizagem é ao contrário, os filhos ensinam-nos, pois através deles temos oportunidade de sermos melhores pessoas, vendo o nosso lado sombra a ser espelhado. Através dos nossos filhos ensinamos através do que aprendemos! Os Filhos despertam o nosso melhor e o nosso pior, são os nossos grandes Mestres!

O que nos traz a numerologia?

A Numerologia é uma linguagem divina, é uma ciência, uma forma de acedermos ao nosso auto-conhecimento. A Numerologia traz-nos tudo! Tudo é possível saber através da numerologia, pois assenta na mensagem mística do Número, do que ele nos transmite. Através da Numerologia é possível saber os nossos dons, o nosso plano kármico, os ciclos que regem a nossa vida, as nossas aprendizagens, os nossos desafios, as nossas ligações relacionais, a nossa missão e o nosso propósito divino de vida.

De que forma estamos ligados ao Universo?

O Universo é um imenso Campo Unitário de energia vibratória, em movimento, e este movimento resulta de dois pólos, opostos e complementares, o pólo masculino e o pólo feminino. E se, segundo Hermes Trimegistus, diz que há uma Lei que rege toda esta interação, “o que está em baixo, é igual ao que está em cima. O que está em cima é igual ao que está em baixo”, nós somos seres que manifestamos esses pólos, logo somos duais, pois expressamos ao nível micro-cosmos o macro-cosmos. Se o Cosmos quer dizer Ordem, composto de Partes, num sistema ordenado e integrado, lógico, que participa na Vida do Todo, nós somos um micro-sistema, que reflete o Todo, logo somos um Todo composto de Partes….interligados uns aos outros, quer por consonância, quer por ressonância. O nosso propósito é evoluir, integrar e unificar todas as nossas “partes”.

O Universo manifesta-se por ciclos, assim como a natureza, assim como nós… podemos, concluir, que a nossa vibração influencia o Universo, assim como a vibração Universal nos influencia. Por isso, há momentos de ação e outros de espera… momentos de concretizar, e outros para refletir, momentos de trazer à Luz do Sol e outros de assumir a escuridão com a Lua da noite! Somos espelho do Universo e parte dele!

Que significa deixar a vida fluir?

Palavra tão linda e difícil de vivê-la! Deixar fluir, é confiar no fluxo natural da vida! confiar que tudo tem um propósito mas é muito difícil pois a nossa mente quer muita coisa, quer resultados, quer evidências, quer reconhecimento, etc…. deixar a vida fluir é mesmo confiar que o melhor acontece sem vermos, é acreditar que o que é para nós chega no momento certo, é aceder ao nosso Portal Sagrado que sabe tudo, é abdicar do nosso ego, é liderar a nossa mente. Deixar fluir é Ser!

Importância dos ciclos de 9 anos?

Os ciclos de 9 anos, regem a nossa vida, pois Pitágoras ensinou que os padrões evolutivos regiam-se entre os números raiz de 1 a 9, onde o 1 começa e o 9 finaliza um ciclo. Toda a nossa vida é regida por ciclos de 9, já por isso, o bebe, precisa de 9 meses para estar preparado para nascer, pois a seguir do 9 começa tudo de novo mas de forma diferente…

Importância dos ciclos de 7 anos?

Para Pitágoras, o número 7 era perfeito, já por isso são 7 dias da semana, 7 cores do arco-íris, etc. Pitágoras falava nas 4 idades, a primeira idade até aos 7 anos, depois até as 14anos, seguida de 21 e depois de 28 anos, seriam as fases da construção da nossa personalidade. Em termos astrológicos, isto também acontece, pois o planeta Urano, está 7 anos em cada signo, sendo o planeta das mudanças, algo de novo ele traz-nos sempre a par das mudanças.

Que significado tem ver números, horas por exemplo duplicados? ( exemplo: 00:00 ou 22:22, etc.)

Quando dizemos que não há coincidências, vamos tendo vários sinais ao longo do caminho, e os números repetidos são um desses sinais. Podemos dizer que são um chamamento, um despertar, uma mensagem, um aviso. E cada um deles tem um significado. O 0 representa que tudo pode acontecer, o 1 são inícios, algo que começou, o 2 é a paciência, saborear o que se começou, 0 3 é comunicar, o optimismo, o 4 é ação, concretização, realizar algo, o 5 aprender algo de novo, viajar, sentir-se livre, o 6 a família, os afetos, a generosidade, o 7 a introspecção, a reflexão, descobrir a verdade interior, o 8 materializar, sentir-se abundante ou merecedor da abundância e  9 finalizar o que está pendente, contemplar, perdoar, amar sem esperar em troca. Depois pode-se fazer a combinação dos números, por exemplo, alguém que vê no relógio, 14.14h pode querer dizer que o que iniciou precisa de ser trabalhado e estruturado com paciência.

Que astros mais influenciam a vida da mulher?

A Lua e a Vénus. A Lua por tudo aquilo que ela representa entre tantas coisas, os líquidos, a água, as memórias, a maternidade, a linha ancestral, a nossa capacidade em nutrir, as nossas necessidades, vazios, as nossas memórias inconscientes, pois a Lua representa a nossa energia feminina, por isso, existem tantos ciclos da Lua, aliados ao nosso ciclo menstrual, que por sinal rege-se por 4 períodos de 7 dias de acordo com as Luas. Quando a mulher se alinha no seu ciclo natural de acordo com as luas, entra em conexão consigo mesma… a Vénus, é a mulher, a amante, a sexualidade sagrada, a beleza, intimidade a sedução, os dinheiros… é também uma energia feminina, que desperta em nós, o gosto pela nossa beleza, pelos nossos prazeres, pela capacidade em amar em entrega, pela fusão na intimidade.

Entrevista realizada por: Vera Cristina

About Viver O Feminino

Partilhar conhecimentos que vão transformar a vida das mulheres, assim como, de todo o ambiente que as rodeia. Se procuras descobrir o que é ser mulher conectada à sua essência, ligada ao mais puro e natural de si mesma, este será o local onde te conectas a ti, onde descobrirás mais e mais sobre ti e as tuas mais variadas formas.

Deixe uma resposta