Aceitação | O corpo nasce, cresce e morre!

Foto: Cátia Brandão

O corpo é o veículo que escolhemos antes de virmos para a Terra, a fim de cumprirmos a nossa missão. Seja qual for o tamanho dele ou a sua forma, precisamos aceitá-lo e cuidar dele. Lembrem-se que ele se deve à nossa escolha para nos manifestarmos nesta vida.

Todos nascemos com um corpo. Há medida que crescemos, ele vai-se modificando. Na adolescência, os seios das meninas começam a crescer e as ancas a alargar. O corpo da então menina transforma-se num corpo de Mulher. O vestuário começa a mudar; a forma das jovens mulheres caminharem; a percepção que têm de si e dos seus corpos.

Estas jovens continuam a crescer e transformam-se em Mulheres maduras. Novas mudanças a acontecer. Novos processos de aceitação. Novas aprendizagens a serem assimiladas. O tempo continua a avançar e mais transformações físicas: o cabelo grisalho, o peito a descair, a pele a perder a sua elasticidade e as rugas a vincarem-se na nossa carne, lembrando as raízes das árvores na terra.

É necessário darmos cada passo com muito carinho por nós; é necessário olhar o envelhecimento do corpo como algo natural. Tal como uma ideia nova que floresce, timidamente, e que adquire um novo rumo, ao crescer. Permite olhar para cada parte do teu corpo e aceitá-la e amá-la, tal como ela é. Permite que cada fio de cabelo branco que passeias na tua cabeça conte uma das imensas histórias desta – e de outras – vidas. E sê feliz assim. No teu corpo. Contigo!

Vê um excelente exercício relacionado com o teu corpo aqui.

Por: Liliana Brandão | Contacto:https://www.facebook.com/lili.brandao.7?fref=ts

About Viver O Feminino

Partilhar conhecimentos que vão transformar a vida das mulheres, assim como, de todo o ambiente que as rodeia. Se procuras descobrir o que é ser mulher conectada à sua essência, ligada ao mais puro e natural de si mesma, este será o local onde te conectas a ti, onde descobrirás mais e mais sobre ti e as tuas mais variadas formas.

Deixe uma resposta